Difference between pages "Talk:Switching gcc" and "Pt-br/Funtoo Linux Localization"

(Difference between pages)
 
(Keymap)
 
Line 1: Line 1:
== conceptual tweaks ==
+
== Definir Idioma Padrão ==
  
I made some changes here because our kernel ebuilds that require 4.4.5 use it automatically and do not require gcc-config steps. But I wanted to preserve the information you added. I also suggested that people use <tt>gcc-4.4.5</tt> directly rather than use <tt>gcc-config</tt> if possible, since this is a local change. -Daniel
+
No Funtoo, há dois arquivos de configuração responsáveis suas configurações de idioma: <code>/etc/locale.gen</code> e <code>/etc/env.d/00basic</code>. O primeiro arquivo contém somente en_US.UTF-8 locale habilitado. O ultimo é um arquivo padrão embarcado que vem a partir do stage3 e responsável pelo en_US.UTF-8 locale system-wide. não recomendado editar.
 +
Os passos a seguir lhe guiarão através do processo de editar o idioma padrão do sistema (default system language), utilizando o francês canadense como um exemplo.
 +
Primeiro você terá que editar <code>/etc/locale.gen</code>:
 +
<console>
 +
# ##i##nano -w /etc/locale.gen
 +
</console>
 +
Especifique sua localidade preferida com o formato de caracter acompanhante (Você vai preferir principalmente UTF-8):
 +
{{fancynote|É recomendado manter o en_US.UTF-8 locale pré-configurado com um fallback.}}
 +
{{file|name=/etc/locale.gen|body=
 +
en_US.UTF-8 UTF-8
 +
fr_CA.UTF-8 UTF-8
 +
}}
 +
Para determinar uma localidade apropriada para o seu sistema, você deve dar uma olha em <code>/usr/share/i18n/SUPPORTED</code> para a lista padrão de combinações suportadas  ou verifique o diretório <code>/usr/share/i18n/locales/</code> para uma lista de valores válidos.
 +
{{fancywarning|Lhe é altamente aconcelhado usar ''ao menos uma'' localidade UTF-8 desde que algumas aplicações possam exigi-la.}}
  
Hi Daniel, thank you for your tweaks! I added this article, since I emerged the current rhel6-stable Kernel (2.6.32-042stab059.7) and ran into the described problems. Also, I did this without "binary" USE-Flag, since (although this isn't recommended) we change the Kernel's config by activating /proc/config.gz (if not activated by default) because of our factory's policy. Using genkernel manually is the more comfortable way for us.
+
Agora, essas localidades precisam ser geradas:
I ran into the described problems (which you removed from Revision of 11:32, 14 August 2012) only Oleg could give me the hint for GCC 4.4.5 and we realized that this info about how to switch gcc was still missing in the wiki. When emerging the kernels without binary USE-Flag, gcc v4.4.5 is emerged as dependency of that kernel, but sorry: It seems as if gcc is *not* used by genkernel automatically. So, even though the binary USE-Flag is recommended, it doesn't read as a must in the docs (and thanks to genkernel it isn't). I think that we cannot assume the gcc-4.4.5 is always "used automatically". Building a kernel with genkernel seems like a valid alternative to me; but in this case you need these informations.
+
<console>
You further wrote that "gcc-config" is a local change and so not a perfect solution: That's why I added the "fancyimportant" - warning :P
+
# ##i##locale-gen
Do not get me wrong: I *really* appreciate your help! But don't you think these points / alternate way has to be taken in account too? -Marc (Judge/Whitewolf Fox)
+
##g##*##!g## Generating 2 locales (this might take a while) with 1 jobs
 +
(1/2) Generating en_US.UTF-8 ... [ ok ]
 +
* (2/2) Generating fr_CA.UTF-8 ... [ ok ]
 +
##g##*##!g## Generation complete
 +
</console>
  
That should have never happened, because all openvz kernels using gcc-4.4.5 patch, so you even shouldn't know about gcc-config. Somehow, when testing new 059.7 ebuild, i missed the patch, my fault. Anyway gcc-config is forked in funtoo and it's good to have a wiki page.
+
Uma vez feito, você pode aplicar suas configurações de localidade do system (locale settings system-wide). Primeiro exiba todas as opções disponíveis:
 +
<console>
 +
$ ##i##eselect locale list
 +
##b####g##Available targets for the LANG variable:
 +
  ##b##[1]##!b##  C
 +
  ##b##[2]##!b##  POSIX
 +
  ##b##[3]##!b##  fr_CA.utf8
 +
  ##b##[4]##!b##  en_US.utf8 ##bl##*
 +
  ##b##[ ]##!b##  (free form)
 +
</console>
 +
O asterisco azul indica a localidade atual padrão do sistema. Você pode agora alterá-lo de acordo com o que desejar:
 +
<console>
 +
# ##i##eselect locale set 3
 +
Setting LANG to fr_CA.utf8 ...
 +
Run ". /etc/profile" to update the variable in your shell.
 +
</console>
 +
Alternativamente, você pode definir a localidade padrão manualmente. Esse arquivo deve primeiro ser criado com o seu editor preferido:
 +
{{file|name=/etc/env.d/02locale|body=LANG="fr_CA.utf8"}}
 +
Você pode verificar suas ações utilizando:
 +
<console>
 +
$ ##i##eselect locale show
 +
##b####g##LANG variable in profile:
 +
  ##b##fr_CA.utf8
 +
</console>
 +
 
 +
Para um efeito imediato é necessário recarregar o ambiente:
 +
<console>
 +
# ##i##env-update && source /etc/profile
 +
>>> Regenerating /etc/ld.so.cache...
 +
</console>
 +
Parabéns! Você definiu com sucesso seu idioma padrão no Funtoo.
 +
 
 +
== Configurações do Portage ==
 +
 
 +
Portage utiliza uma variável especial <code>LINGUAS</code> que define quais localizações/traduções são instaladas por padrão. Por padrão, <code>LINGUAS</code> em unset, a qual resultará em ''todas'' localizações disponíveis sendo instaladas pelo Portage.
 +
 
 +
É possível personalizar as configurações de <code>LINGUAS</code> ao configurá-la em <code>/etc/make.conf</code>:
 +
 
 +
<console>
 +
# ##i##LINGUAS="en_US zh_CN"
 +
</console>
 +
 
 +
A variável <code>LINGUAS</code> deve utilizar espaços entre cada nome de localização.
 +
 
 +
== Leia Seu Idioma ==
 +
 
 +
Um Funtoo Linux novinho instalado não habilita para ler todos os idiomas. Você quer ler as coisas, digamos, no Mozilla Firefox. Você precisa instalar as fonts - Um bom sinal de que você não instalou as fonts adequadas é que os caracteres a seguir aparecem como caixas com números dentro delas: 日本語フォント
 +
 
 +
Verifique se você possui o idioma instalado (Chinês) ao utilizar o comando <tt>fc-list</tt> a partir do ebuild <tt>media-libs/fontconfig</tt> ebuild:
 +
 
 +
<console>
 +
# ##i##fc-list :lang=zh
 +
</console>
 +
 
 +
Se você estiver com sorte, a font correta será instalada, e seus aplicativos também serão capazes de utilizar chinês como o idioma padrão. Mas em caso de você não possuir as fonts corretas instaladas desta maneira, você precisa instalá-las manualmente.
 +
 
 +
Para japonês:
 +
 
 +
<console>
 +
# ##i##emerge media-fonts/kochi-substitute
 +
</console>
 +
 
 +
Para chinês:
 +
<console>
 +
# ##i##emerge media-fonts/arphicfonts
 +
</console>
 +
 
 +
Para Coreano:
 +
 
 +
<console>
 +
# ##i##emerge media-fonts/baekmuk-fonts
 +
</console>
 +
 
 +
== Mapa de teclado (Keymap) ==
 +
 
 +
O Funtoo Linux padroniza para um teclado inglês americano (US English). Se você estiver utilizando um outro tipo de teclado, edite <tt>/etc/conf.d/keymaps</tt> e defina o keymap para o seu modelo de tecladoto. Por exemplo, cf Para o teclado do francês canadense (French Canadian), fr Para francês azerty (French Azerty).
 +
 
 +
<console>
 +
# ##i##nano -w /etc/conf.d/keymaps
 +
</console>
 +
 
 +
== Input Method ==
 +
 
 +
ibus is an Intelligent Input Bus for Linux.
 +
 
 +
<console>
 +
# ##i##emerge -av ibus
 +
</console>
 +
 
 +
You also need to install language table for ibus (Chinese)
 +
 
 +
<console>
 +
# ##i##emerge -av ibus-table-chinese
 +
</console>
 +
 
 +
[[Category:Install|Localization]]

Revision as of 22:16, February 5, 2015

Definir Idioma Padrão

No Funtoo, há dois arquivos de configuração responsáveis suas configurações de idioma: /etc/locale.gen e /etc/env.d/00basic. O primeiro arquivo contém somente en_US.UTF-8 locale habilitado. O ultimo é um arquivo padrão embarcado que vem a partir do stage3 e responsável pelo en_US.UTF-8 locale system-wide. não recomendado editar. Os passos a seguir lhe guiarão através do processo de editar o idioma padrão do sistema (default system language), utilizando o francês canadense como um exemplo. Primeiro você terá que editar /etc/locale.gen:

# nano -w /etc/locale.gen

Especifique sua localidade preferida com o formato de caracter acompanhante (Você vai preferir principalmente UTF-8):

Note

É recomendado manter o en_US.UTF-8 locale pré-configurado com um fallback.

/etc/locale.gen
en_US.UTF-8 UTF-8
fr_CA.UTF-8 UTF-8

Para determinar uma localidade apropriada para o seu sistema, você deve dar uma olha em /usr/share/i18n/SUPPORTED para a lista padrão de combinações suportadas ou verifique o diretório /usr/share/i18n/locales/ para uma lista de valores válidos.

Warning

Lhe é altamente aconcelhado usar ao menos uma localidade UTF-8 desde que algumas aplicações possam exigi-la.

Agora, essas localidades precisam ser geradas:

# locale-gen
 * Generating 2 locales (this might take a while) with 1 jobs
 *  (1/2) Generating en_US.UTF-8 ... [ ok ]
 *  (2/2) Generating fr_CA.UTF-8 ... [ ok ]
 * Generation complete

Uma vez feito, você pode aplicar suas configurações de localidade do system (locale settings system-wide). Primeiro exiba todas as opções disponíveis:

$ eselect locale list
Available targets for the LANG variable:
  [1]   C
  [2]   POSIX
  [3]   fr_CA.utf8
  [4]   en_US.utf8 *
  [ ]   (free form)

O asterisco azul indica a localidade atual padrão do sistema. Você pode agora alterá-lo de acordo com o que desejar:

# eselect locale set 3
Setting LANG to fr_CA.utf8 ...
Run ". /etc/profile" to update the variable in your shell.

Alternativamente, você pode definir a localidade padrão manualmente. Esse arquivo deve primeiro ser criado com o seu editor preferido:

/etc/env.d/02locale
LANG="fr_CA.utf8"

Você pode verificar suas ações utilizando:

$ eselect locale show
LANG variable in profile:
  fr_CA.utf8

Para um efeito imediato é necessário recarregar o ambiente:

# env-update && source /etc/profile
>>> Regenerating /etc/ld.so.cache...

Parabéns! Você definiu com sucesso seu idioma padrão no Funtoo.

Configurações do Portage

Portage utiliza uma variável especial LINGUAS que define quais localizações/traduções são instaladas por padrão. Por padrão, LINGUAS em unset, a qual resultará em todas localizações disponíveis sendo instaladas pelo Portage.

É possível personalizar as configurações de LINGUAS ao configurá-la em /etc/make.conf:

# LINGUAS="en_US zh_CN"

A variável LINGUAS deve utilizar espaços entre cada nome de localização.

Leia Seu Idioma

Um Funtoo Linux novinho instalado não habilita para ler todos os idiomas. Você quer ler as coisas, digamos, no Mozilla Firefox. Você precisa instalar as fonts - Um bom sinal de que você não instalou as fonts adequadas é que os caracteres a seguir aparecem como caixas com números dentro delas: 日本語フォント

Verifique se você possui o idioma instalado (Chinês) ao utilizar o comando fc-list a partir do ebuild media-libs/fontconfig ebuild:

# fc-list :lang=zh

Se você estiver com sorte, a font correta será instalada, e seus aplicativos também serão capazes de utilizar chinês como o idioma padrão. Mas em caso de você não possuir as fonts corretas instaladas desta maneira, você precisa instalá-las manualmente.

Para japonês:

# emerge media-fonts/kochi-substitute

Para chinês:

# emerge media-fonts/arphicfonts

Para Coreano:

# emerge media-fonts/baekmuk-fonts

Mapa de teclado (Keymap)

O Funtoo Linux padroniza para um teclado inglês americano (US English). Se você estiver utilizando um outro tipo de teclado, edite /etc/conf.d/keymaps e defina o keymap para o seu modelo de tecladoto. Por exemplo, cf Para o teclado do francês canadense (French Canadian), fr Para francês azerty (French Azerty).

# nano -w /etc/conf.d/keymaps

Input Method

ibus is an Intelligent Input Bus for Linux.

# emerge -av ibus

You also need to install language table for ibus (Chinese)

# emerge -av ibus-table-chinese