Difference between revisions of "Install/pt-br/Chroot"

(Chroot no Funtoo)
(Chroot no Funtoo)
 
Line 1: Line 1:
 
=== Chroot no Funtoo ===
 
=== Chroot no Funtoo ===
Antes de iniciar o chroot no seu novo sistema, há algumas coisas que precisam ser feitas antes. Vcê precisará montar /proc e /dev dentro do seu novo sistema. Utilize os seguintes comandos:
+
Antes de iniciar o chroot no seu novo sistema, há algumas coisas que precisam ser feitas antes. Você precisará montar /proc e /dev dentro do seu novo sistema. Utilize os seguintes comandos:
 
<console>
 
<console>
 
# ##i##cd /mnt/funtoo
 
# ##i##cd /mnt/funtoo
Line 23: Line 23:
 
</console>
 
</console>
  
{{fancynote|Users of live CDs with 64-bit kernels installing 32-bit systems: Some software may use <code>uname -r</code> to check whether the system is 32 or 64-bit. You may want append linux32 to the chroot command as a workaround, but it's generally not needed.}}
+
{{fancynote|Usuários de live CDs com kernels de 64-bit instalando sistemas de 32-bit: Algum software pode utilizar <code>uname -r</code> para verificar se o sistema é 32 ou 64-bit. Você pode querer fixar linux32 ao comando chroot como uma solução alternativa, mas isso geralmente não é necessário.}}
{{fancyimportant|If you receive the error "<code>chroot: failed to run command `/bin/bash': Exec format error</code>", it is probably because you are running a 32-bit kernel and trying to execute 64-bit code. SystemRescueCd boots with a 32-bit kernel by default.}}
+
{{fancyimportant|Se você receber o erro "<code>chroot: failed to run command `/bin/bash': Exec format error</code>", provavelmente é por que você está rodando um kernel de 32-bit e está tentando executar código de 64-bit. SystemRescueCd inicializa com um kernel de 32-bitpor padrão.}}
  
It's also a good idea to change the default command prompt while inside the chroot. This will avoid confusion if you have to change terminals. Use this command:
+
Também é uma boa ideia alterar o prompt de comando padrão enquanto estiver dentro do chroot. Isso evitará confusão se você tiver que alterar os terminais. Use esse comando:
 
<console>
 
<console>
 
# ##i##export PS1="(chroot) $PS1"
 
# ##i##export PS1="(chroot) $PS1"
 
</console>
 
</console>
  
Congratulations! You are now chrooted inside a Funtoo Linux system. Now it's time to get Funtoo Linux properly configured so that Funtoo Linux will boot successfully when your system is restarted.
+
Parabéns! Você está agora dentro de um sistema Funtoo Linux inicializado com chroot. Agora é hora de obter o Funtoo Linux corretamente configurado então asim o Funtoo Linux inicializará com sucesso quando seu sistema for reinicializado.

Latest revision as of 18:58, January 29, 2015

Chroot no Funtoo

Antes de iniciar o chroot no seu novo sistema, há algumas coisas que precisam ser feitas antes. Você precisará montar /proc e /dev dentro do seu novo sistema. Utilize os seguintes comandos:

# cd /mnt/funtoo
# mount -t proc none proc
# mount --rbind /sys sys
# mount --rbind /dev dev


Note

Esse é um template que é utilizado como parte das instruções de instalação, para descrever o processo de inicialização do chroot no stage3. Templates estão sendo utilizados para permitir múltiplos guias de instalação variantes que utilizam a maioria das mesmas pates reutilizáveis.


Você também precisará copiar no resolv.conf a fim de ter uma resolução de nome de DNS adequado de dentro do chroot:

# cp /etc/resolv.conf etc

Agora você pode iniciar o chroot no seu novo sistema. Utilize env antes de iniciar o chroot para asegura-se de que nenhuma variáveis de ambiente da mídia de instalação sejam utilizadas pelo seu sistema:

# env -i HOME=/root TERM=$TERM chroot . bash -l
Note

Usuários de live CDs com kernels de 64-bit instalando sistemas de 32-bit: Algum software pode utilizar uname -r para verificar se o sistema é 32 ou 64-bit. Você pode querer fixar linux32 ao comando chroot como uma solução alternativa, mas isso geralmente não é necessário.

Important

Se você receber o erro "chroot: failed to run command `/bin/bash': Exec format error", provavelmente é por que você está rodando um kernel de 32-bit e está tentando executar código de 64-bit. SystemRescueCd inicializa com um kernel de 32-bitpor padrão.

Também é uma boa ideia alterar o prompt de comando padrão enquanto estiver dentro do chroot. Isso evitará confusão se você tiver que alterar os terminais. Use esse comando:

# export PS1="(chroot) $PS1"

Parabéns! Você está agora dentro de um sistema Funtoo Linux inicializado com chroot. Agora é hora de obter o Funtoo Linux corretamente configurado então asim o Funtoo Linux inicializará com sucesso quando seu sistema for reinicializado.