Install/Download and Extract Stage3/pt-br

From Funtoo
< Install
Revision as of 13:16, November 23, 2021 by Kyetoy (talk | contribs)
(diff) ← Older revision | Latest revision (diff) | Newer revision → (diff)
Jump to navigation Jump to search
Other languages:
English • ‎español • ‎polski • ‎português do Brasil • ‎русский • ‎中文(中国大陆)‎

Guia de Instalação: Descarregue e Extraia o Estágio 3

Install Guide, Chapter 8 < Prev Next >

Agora que os sistemas de arquivos foram criados e seu hardware e o relógio do sistema estão configurados, a próxima etapa é descarregar o tarball com o estágio 3. O estágio 3 é um sistema pré-compilado usado como ponto de partida para instalar o Funtoo Linux.

Para baixar a compilação correta do Funtoo Linux para o seu sistema, primeiro familiarize-se com a Matriz de Suporte, em particular a seção Ambientes de área de trabalho para ajudá-lo a tomar uma decisão sobre qual ambiente desktop deseja configur (recomendamos GNOME para novos usuários). Em seguida, vá para a página Subarquiteturas. Subarquiteturas são compilações do Funtoo Linux que são projetadas para rodar em um determinado tipo de CPU, permitindo oferecer o melhor desempenho possível. Eles também aproveitam os conjuntos de instruções disponíveis para cada CPU.

Qual Subarquitetura?

Na lista de subarquiteturas em Subarches, escolha o nível de otimização desejado. Um sistema construido especificamente para sua CPU funcionará mais rápido que um sistema menos otimizado. Para um sistema Intel ou AMD moderno, é seguro escolher o nível exato de otimização para sua família de CPU. Isso oferecerá o melhor desempenho possível.

Caso esteja utilizando a tecnologia de virtualização para executar Funtoo Linux e sua VM possa ser utilizada em diferentes tipos de hardware (migração da máquina virtual), é recomendado utilizar o estágio 3 otimizado para o tipo da CPU mais antiga de seu conjunto de CPUs, ou uma imagem mais genérica que possa executar tanto em processadores Intel quanto em processadores AMD.

Uma vez que tenha definido a subarquitetura apropriada em Subarches, o escopo da escolha será reduzido a poucas opções de imagens. Na próxima seção ajudaremos a entendê-las e a escolher uma.

Qual Imagem?

Our desktop environment stages (GNOME, Cinnamon, etc.) now support seamless installation on VMware Workstation Pro virtual machines. We highly recommend you enable 3D Accelerated Video for your VM, which is not enabled by default. Click here for more info.

Você sempre pode escolher manualmente uma imagem de instalação via https://build.funtoo.org bem como usar a página Subarquiteturas. Aqui estão algumas orientações sobre como escolher a melhor imagem .tar.xz para download. Ao escolher uma imagem:

Escolha 1.4-release-std.
Esta é a versão 1.4 de Funtoo Linux, ou a versão corrente.
Pegue a subarquitetura para a família da CPU onde o sistema será instalado.
Ao fazer isso você garante o melhor desempenho da sua CPU.
Escolha stage3 para...
Ostage3 é o mais tradicional, mínimo e não-gráfico conjunto de instalação para o Funtoo Linux. A partir deste estágio 3 você construirá seu sistema como deseja usando o aplicativo emerge para instalar programas.
Escolha gnome para ...
A imagem de instalação gnome , se disponível, inclui o ambiente GNOME completo, bem como o navegador Firefox já otimizado para o seu hardware . Você pode continuar a personalizar ainda mais seu sistema após a instalação. Consulte a seção Ambientes de área de trabalho de nossa Matriz de Suporte para obter mais opções de desktop.
A imagem lxdpara...
A imagem lxd é para uso somente com LXD, e não deve ser utilizada para uma instalação direta em um desktop ou laptop, portanto, não selecione essa opção para uma instalação regular em uma máquina física. Para instalar, primeiro descarregue lxc image import <name>.tar.xz --alias funtoo e então faça lxc launch funtoo my_container.

Descarregue o Estágio 3

Uma vez que tenha encontrado o estágio 3 que você gostaria de baixar, use o utilitário wget para fazer o download do tarball que você escolheu para usar como base para seu novo sistema Funtoo Linux. O tarball deve ser salvo no diretório /mnt/funtoo da seguinte forma:

root # cd /mnt/funtoo
root # wget https://build.funtoo.org/1.4-release-std/x86-64bit/generic_64/stage3-latest.tar.xz

Verifique o tarball descarregado

Os arquivo tarball com o Funtoo Linux são assinados digitalmente utilizando GPG pelo servidor de origem. É uma boa prática de segurança verificar se essa assinatura está intacta. Este artigo da Wikipédia (em inglês) pode oferecer informações adicionais sobre esse assunto. authenticity and integrity. Para instruções sobre como importar chaves GPG leia nossa página Wiki sobre assinaturas GPG.

Então, você pode descarregar o estágio 3 e conferir sua assinatura GPG usando o comando gpg --verify, por exemplo:

root # wget https://build.funtoo.org/1.4-release-std/x86-64bit/generic_64/stage3-latest.tar.xz.gpg
root # gpg --verify stage3-latest.tar.xz.gpg stage3-latest.tar.xz

Uma vez que o estágio é descarregado e verificado, extraía seu conteúdo com o seguinte comando, substituindo o nome do exemplo pelo nome correto do seu tarball de estágio 3:

root # tar --numeric-owner --xattrs --xattrs-include='*' -xpf stage3-latest.tar.xz
   Important

Atenção: as opções para extração são obrigatórias pelas razões que veremos a seguir.

Essas são as opções para o comando tar executar:

--numeric-owner
Sem essa opção, tar irá mapear a propriedade e o grupo dos arquivos baseado no UID do usuário e o GID do grupo definidos no LiveCD. Nós não queremos isso -- nós precisamos dos valores númericos dos UIDs e GIDs presentes no tarball para preservar essas informações em disco, então, quanto Funtoo Linux inicializar, essas informações serão corretas. Isso é o que essa opção faz para nós.
--xattrs --xattrs-include='*'
Funtoo Linux utiliza atributos extendidos de sistema de arquivo, isso permite que certos programas como ping possam ser executados sem necessidade de elevação de privilégio para o usuário administrativo (root). Sem essa opção o tar não é capaz de executar essa configuração. Todas as opções acima são indispensáveis. Deixar de usar uma opção pode resultar em um sistema inseguro ou que falhe.
-xpf
Essas instruções tar para extrair (x), preservam as permissões e a propriedade (p), e mantém o nome de arquivo (f) definido.
Install Guide, Chapter 8 < Prev Next >