Difference between revisions of "Install/GPT Partitioning/pt-br"

From Funtoo
Jump to: navigation, search
(Created page with "==== Método UEFI/GPT ====")
 
(22 intermediate revisions by 2 users not shown)
Line 8: Line 8:
 
==== Método UEFI/GPT ====  
 
==== Método UEFI/GPT ====  
  
{{Note|Use this method if you are interested in booting using UEFI, and if your System Rescue CD initial boot menu was black and white. If it was light blue, this method will not work. Instead, use the instructions in the previous section, or reboot SystemRescueCD in UEFI mode first.}}
+
{{Note | Use este método se estiver interessado em inicializar usando UEFI. Se estiver interessado em usar o método MBR use as instruções da seção anterior.}}
  
The {{c|gdisk}} commands to create a GPT partition table are as follows. Adapt sizes as necessary, although these defaults will work for most users. Start {{c|gdisk}}:
+
Os comandos de {{c|gdisk}} para criar uma tabela de partição GPT são os seguintes. Adapte os tamanhos das partições de acordo com o  necessário. Os valores padrão funcionam bem para a maioria dos usuários fazendo uma instalação simples. Execute o comando {{c|gdisk}}:
  
 
{{console|body=###i## gdisk /dev/sda}}
 
{{console|body=###i## gdisk /dev/sda}}
  
Within {{c|gdisk}}, follow these steps:
+
Dentro da interface de {{c|gdisk}}, siga os seguintes passos:
  
'''Create a new empty partition table''' (This ''will'' erase all data on the disk when saved):
+
('''ATENÇÃO''': O comando a seguir apagará '''TODOS''' os sistemas operacionais e partições de dados existentes quando for salvo).
 +
 
 +
'''Criar uma nova tabela GPT vazia''' :
 
{{console|body=
 
{{console|body=
 
Command: ##i##o ↵
 
Command: ##i##o ↵
Line 22: Line 24:
 
Proceed? (Y/N): ##i##y ↵
 
Proceed? (Y/N): ##i##y ↵
 
}}
 
}}
'''Create Partition 1''' (boot):
+
'''Criar a Partição 1''' (boot):
  
 
{{console|body=
 
{{console|body=
Line 32: Line 34:
 
}}
 
}}
  
'''Create Partition 2''' (swap):
+
'''Crie a Partição 2''' (swap):
  
 
{{console|body=
 
{{console|body=
Line 42: Line 44:
 
}}
 
}}
  
'''Create Partition 3''' (root):
+
'''Crie a partição 3''' (root):
  
 
{{console|body=
 
{{console|body=
Line 52: Line 54:
 
}}
 
}}
  
Along the way, you can type "{{c|p}}" and hit Enter to view your current partition table. If you make a mistake, you can type "{{c|d}}" to delete an existing partition that you created. When you are satisfied with your partition setup, type "{{c|w}}" to write your configuration to disk:
+
Entre a criação de uma partição e outra, você pode digitar a letra "{{c|p}}" e pressionar Enter para visualizar sua tabela de partições atual. Se você achar que cometeu um erro, você pode digitar a letra"{{c|d}}" para excluir uma por uma das partições que você criou. Essas mudanças são feitas apenas na memória. Assim, quando tudo estiver correto e você estiver satisfeito com a configuração das partições que criou, digite a letra "{{c|w}}" para gravar sua configuração na tabela GPT presente no disco rígido. Isso é feito de modo definitivo e apaga qualquer particionamento anterior:
  
'''Write Partition Table To Disk''':
+
'''Gravar a Tabela de Partição no Disco''':
  
 
{{console|body=
 
{{console|body=
Line 60: Line 62:
 
Do you want to proceed? (Y/N): ##i##Y ↵
 
Do you want to proceed? (Y/N): ##i##Y ↵
 
}}
 
}}
The partition table will now be written to the disk and {{c|gdisk}} will close.
+
Ao confirmar com a letra {{c|Y}} e digitar ENTER o programa {{c|gdisk}} grava a tabela GPT em disco e finaliza.
  
Now, your GPT/GUID partitions have been created, and will show up as the following ''block devices'' under Linux:
+
Agora, suas partições GPT/GUID foram criadas, e aparecerão como os seguintes "dispositivos de bloco" para o Linux:
  
* {{c|/dev/sda1}}, which will be used to hold the {{c|/boot}} filesystem,  
+
* {{c|/dev/sda1}}, será usado pelo sistema de arquivos como o  {{c|/boot}},  
* {{c|/dev/sda2}}, which will be used for swap space, and
+
* {{c|/dev/sda2}}, será usado como área de troca {{c|swap}}, e
* {{c|/dev/sda3}}, which will hold your root filesystem.
+
* {{c|/dev/sda3}}, será usado como o sistema de arquivos raiz {{c|/}}.
  
{{Tip|You can verify that the block devices above were correctly created by running the command {{c|lsblk}}.}}
+
{{Tip|Você pode verificar se todos os dispositivos de bloco foram corretamente criados executando o comando {{c|lsblk}}.}}
 +
<noinclude>{{InstallNavigation|num=4|prev=MBR Partitioning|next=Creating Filesystems|align=right}}</noinclude>

Latest revision as of 17:07, November 13, 2019

Other languages:
English • ‎español • ‎polski • ‎português do Brasil • ‎русский

Guia de Instalação: Particionamento UEFI/GPT

Install Guide, Chapter 4 < Prev Next >

Método UEFI/GPT

   Note
Use este método se estiver interessado em inicializar usando UEFI. Se estiver interessado em usar o método MBR use as instruções da seção anterior.

Os comandos de gdisk para criar uma tabela de partição GPT são os seguintes. Adapte os tamanhos das partições de acordo com o necessário. Os valores padrão funcionam bem para a maioria dos usuários fazendo uma instalação simples. Execute o comando gdisk:

root # gdisk /dev/sda

Dentro da interface de gdisk, siga os seguintes passos:

(ATENÇÃO: O comando a seguir apagará TODOS os sistemas operacionais e partições de dados existentes quando for salvo).

Criar uma nova tabela GPT vazia :

Command: o ↵
This option deletes all partitions and creates a new protective MBR.
Proceed? (Y/N): y ↵

Criar a Partição 1 (boot):

Command: n ↵
Partition Number: 1 ↵
First sector: 
Last sector: +500M ↵
Hex Code: EF00 ↵

Crie a Partição 2 (swap):

Command: n ↵
Partition Number: 2 ↵
First sector: 
Last sector: +4G ↵
Hex Code: 8200 ↵

Crie a partição 3 (root):

Command: n ↵
Partition Number: 3 ↵
First sector: 
Last sector:  (for rest of disk)
Hex Code: 

Entre a criação de uma partição e outra, você pode digitar a letra "p" e pressionar Enter para visualizar sua tabela de partições atual. Se você achar que cometeu um erro, você pode digitar a letra"d" para excluir uma por uma das partições que você criou. Essas mudanças são feitas apenas na memória. Assim, quando tudo estiver correto e você estiver satisfeito com a configuração das partições que criou, digite a letra "w" para gravar sua configuração na tabela GPT presente no disco rígido. Isso é feito de modo definitivo e apaga qualquer particionamento anterior:

Gravar a Tabela de Partição no Disco:

Command: w ↵
Do you want to proceed? (Y/N): Y ↵

Ao confirmar com a letra Y e digitar ENTER o programa gdisk grava a tabela GPT em disco e finaliza.

Agora, suas partições GPT/GUID foram criadas, e aparecerão como os seguintes "dispositivos de bloco" para o Linux:

  • /dev/sda1, será usado pelo sistema de arquivos como o /boot,
  • /dev/sda2, será usado como área de troca swap, e
  • /dev/sda3, será usado como o sistema de arquivos raiz /.
   Tip

Você pode verificar se todos os dispositivos de bloco foram corretamente criados executando o comando lsblk.

Install Guide, Chapter 4 < Prev Next >