Install/Bootloader/pt-br

From Funtoo
Jump to: navigation, search
This page is a translated version of the page Install/Bootloader and the translation is 100% complete.

Other languages:
English • ‎español • ‎português do Brasil • ‎русский • ‎Türkçe

Guia de Instalação: Gerenciador de Arranque

Install Guide, Chapter 14 < Prev Next >

Configuração de boot.conf

Estas instruções de instalação mostram como usar o GRUB para inicializar usando BIOS (legado) ou UEFI.

Observe que (ego boot) é instalado por padrão, mas o GRUB não é, já que ele não é necessário para todos os sistemas Funtoo Linux (como contêineres, por exemplo). Mas para inicializar em "bare metal", GRUB é o gerenciador de inicialização recomendado e melhor suportado, então você precisa fazer sua instalação:

chroot # emerge -av grub

Em seguida, edite /etc/boot.conf usando nano e especifique " Funtoo Linux genkernel" como a configuração default na parte superior do arquivo, substituindo "Funtoo Linux".

Usuários de placas gráficas da NVIDIA

Se você possui uma placa gráfica da NVIDIA e planeja configurar um ambiente gráfico, há algumas opções em relação aos drivers gráficos - os drivers proprietários da NVIDIA fornecidos pela própria NVIDIA ou os drivers de código aberto desenvolvidos pelo grupo que mantêm o driver Nouveau. Se você não souber qual escolher, recomendamos começar primeiro com os drivers proprietários da NVIDIA para obter o desempenho otimizado em uma ampla gama de hardware.

Se estiver usando gráficos proprietários da NVIDIA ...
É seguro deixar o parâmetro nomodeset em /etc/boot.conf, pois os drivers proprietários cuidam da configuração do modo gráfico. No entanto, você precisará colocar manualmente na "lista negra" os módulos relacionados com o driver Nouveau, para que eles não sejam carregados na inicialização. Consulte the NVIDIA Linux Display Drivers page para obter informações sobre como configurar esses drivers.
Se estiver utilizando o driver Nouveau...
nomodeset deve ser removido como explicado na seção seguinte.

Outras Placas Gráficas

A maioria dos usuários, principalmente aqueles que planejam configurar um ambiente gráfico, podem eventualmente remover nomodeset de params em /etc/make.conf. nomodeset impede que o kernel altere os modos gráficos na inicialização. Esta opção está em /etc/boot.conf por padrão por alguns bons motivos:

  • Para usuários com monitores HiDPI (4K +) : quando o kernel altera automaticamente os modos gráficos, a fonte do console pode se tornar pequena e ilegível.
  • Para usuários com placas gráficas incompatíveis : Algumas placas gráficas não manipulam a configuração do modo correto e isso pode resultar em uma tela em branco após a reinicialização.

A configuração do modo de desativação é uma opção boa e segura para instalações iniciais do Funtoo Linux, mas a maioria dos usuários deseja remover esta opção.

Isso ocorre porque essencialmente todos os drivers gráficos (a grande exceção são os drivers proprietários da NVIDIA) dependem da configuração do modo para definir o modo gráfico do seu monitor. Portanto, a maioria dos usuários precisará removê-lo , execute o ego boot update e reinicie antes de configurar o X ou o Wayland. Caso contrário, o X não poderá inicializar a exibição. Obviamente, você também pode optar por removê-lo agora e depois não precisará se lembrar de removê-lo mais tarde :)

/etc/boot.conf deverá se parecer com isso:

   /etc/boot.conf
boot {
	generate grub
	default "Funtoo Linux genkernel" 
	timeout 3 
}

"Funtoo Linux" {
	kernel bzImage[-v]
}

"Funtoo Linux genkernel" {
	kernel kernel[-v]
	initrd initramfs[-v]

        # IMPORTANT: Most users -- remember to REMOVE nomodeset below!

	params += real_root=auto rootfstype=auto nomodeset
}

Se você está inicializando um kernel personalizado, por favor leia o manual de man boot.conf para informações sobre as várias opções disponíveis para você.

Intel Microcódigo

Se você possui um processador da Intel, então ego boot garantirá que você tenha o microcódigo mais recente para sua CPU. Você DEVE emergir os seguintes pacotes para instalar esses microcódigos atualizados:

chroot # emerge intel-microcode iucode_tool

Isso não é necessários para sistemas que utilizam processadores da AMD.

A Moda Antiga (BIOS) MBR

Ao usar a inicialização do BIOS "a moda antiga", execute o seguinte comando para instalar o GRUB no seu MBR e gere o arquivo de configuração /boot/grub/grub.cfg que o GRUB usará para inicializar:

chroot # grub-install --target=i386-pc --no-floppy /dev/sda
chroot # ego boot update

A Nova Moda (UEFI) Entrada de inicialização

Se você estiver usando a inicialização UEFI no estilo da "nova moda", execute os seguintes conjuntos de comandos, dependendo de estar instalando um sistema de 64 ou 32 bits. Isso adicionará o GRUB como uma entrada de inicialização UEFI.

Para sistemas x86-64bit:

chroot # mount -o remount,rw /sys/firmware/efi/efivars
chroot # grub-install --target=x86_64-efi --efi-directory=/boot --bootloader-id="Funtoo Linux [GRUB]" --recheck /dev/sda
chroot # ego boot update

Para sistemas x86-32 bits:

chroot # mount -o remount,rw /sys/firmware/efi/efivars
chroot # grub-install --target=i386-efi --efi-directory=/boot --bootloader-id="Funtoo Linux [GRUB]" --recheck /dev/sda
chroot # ego boot update

Primeira Inicialização, e no futuro...

OK -- Você está quase pronto para reiniciar o sistema!

Você só precisa executar o grub-install quando instala o Funtoo Linux pela primeira vez, mas precisa executar novamente o ego boot update toda vez que modifica o /etc/boot.conf ou adicione novos kernels ao seu sistema. Isso atualiza o arquivo /boot/grub/grub.cfg para que você tenha novos kernels disponíveis no menu de inicialização do GRUB na próxima reinicialização do sistema.

Install Guide, Chapter 14 < Prev Next >